quarta-feira, julho 23, 2003

Guerrilha? Como a dos Vietcong?


De acordo com fontes oficiais, citadas por alguns jornais portugueses, um dos últimos ataques às tropas norte-americanas no Iraque foi efectuado por morteiros (cada um exigindo uma equipa de seis a dez homens para operar) e durou, nada menos, que cinco horas.
Mas, afinal, a resistência à ocupação do Iraque é feita por meia-dúzia de maltrapilhos ou por militares? E que tipo de guerra de guerrilha é esta em que os guerrilheiros se dão ao luxo de permanecer em posições fixas a massacrar objectivos com morteiros pesados durante cinco horas?

Cada vez admiro mais a coragem de Durão Barroso, ao não vacilar na decisão do envio da GNR para o Iraque...

Sem comentários:

Enviar um comentário