quinta-feira, julho 24, 2003

Metablogando II


Em viagem pela blogosfera, a que alguns chamam blogoesfera e outros bloguesfera, encontrei alguns blogs, a que alguns chamam blogues e outros weblogs, dedicados à análise exclusiva de outros blogs. É o metablogging, por alguns chamado de metabloguismo, no seu melhor.
Epifenómeno ou heurísticismo?
Ele é os Sitemeter-complex, ele é os temas vs. contextos, ele é a genealogia do Blog... Mas ele é, sobretudo, a síndroma do copy-paste, isto é, a apologética do parasitismo.

Estes full-metal-metablogs vivem de posts de outros blogs, alguns comentando e criticando os mesmos, outros limitando-se à citação tout court. Servirão para quê, exactamente? Para recolher extractos da blogosfera em benefício dos que não têm tempo para a percorrer por si mesmos? Para se tornarem fachos orientadores? Para definirem tendências para a próxima Saison, quais Nelly Rody's da blogosfera? Não chego a consenso comigo mesmo. Fico-me pela indefinição.

Já citei outros blogs, claro. A Sombra tem-no feito regularmente. Mas não como modus vivendi. Mesmo se os editores de tais blogs têm outros blogs em que não seguem esta linha, não deixarão de ser uma espécie de apêndices de bloggers que passam muito tempo na blogosfera e acham que tanta citação abafaria os seus blogs, sendo por isso "obrigados" a fundar estes "epifenómenos heurísticos", mas o princípio também se lhes aplica, isto é, tanta citação abafa-os por completo. Este tipo de blog tem proliferado, ultimamente. Veremos se vinga. Eu digo que não. (Eu, notem.)

Como bom português de ascendência àrabe, continuo a preferir navegar.
Está-me no sangue.

nota: a ausência de links neste post não é, de todo, uma falha técnica.

Sem comentários:

Enviar um comentário