terça-feira, setembro 23, 2003

O Vale dos Réus


Mexia eu no Outlook quando vejo um e-mail de um leitor d'A Sombra, de nome Paulo Pereira ("um dos poucos portugueses sem blog" - sic), que me alertou para um post tirado do Dicionário do Demo.

Não é meu costume criticar o Pedro, porque não desgosto do (modo como escreve o) rapaz, mas a chamada é pertinente e merece umas linhas, até porque o Semblano parece ter ficado anestesiado pela referência à intelectualidade d'A Sombra.
A mim, pois, e com todo o sentido, pois a isso obriga o sangue azul e a condição de Cavaleiro Andante, estar à altura da combatividade que, também, nos atribui Pedro Mexia.


Caro Pedro,

Acha mesmo que a SPA (Sociedade Portuguesa de Autores) ficou assim tão mal? Então não vê que a população portuguesa está a envelhecer? E que os putos de agora não sabem a diferença entre "autor" e "actor"? Não foi o Pedro que se confessou discípulo de Pessoa? Então porque sente tanto o que escreve? Ou apenas finge?

E porquê "Tutankhamon"? Sim, porquê escolher um miúdo de dezanove anos para ilustrar uma lista de "reumáticos"? Era uma ironia ou um paradoxo? Ou o paradoxo será esperar que a SPA permaneça inalterada nos próximos 3.000 anos, fruto desta direcção? Ou a ironia a de esperar que o "reinado" desta seja, em proporção, tão curto quanto o do jovem Faraó? Ou não pensou em nada disto e apenas lhes está a chamar, delicada, mas obviamente, "múmias"?

E se calhava de ganhar a lista A? Já imaginou?
Saramago... La Féria... O Manoel, Deus do céu! Que epíteto arranjaria para esta lista? Lista "Stegossaurus"? E que dizer do duo 'Brunhosa/Palma? Estamos a falar de diversidade ou de outra coisa? Seja como for, também se cantava na lista A. Mas, para mim, o melhor seria ver como comentaria a entrada de Carlos Pinto Coelho. Diria, talvez, que "acontece"?... E Vasco Graça Moura, esse "rapazito"! Sim, que ele escreve bem, é um facto, mas não estaria ele a evitar que o Pedro visse bem o resto da lista?

Ou, quem sabe, o problema não será a lista, mas as listas?
Pedro, para a próxima já sabe, junte alguns amigos da Quasi, uns miúdos tirados dos "Ídolos", malta "fish" dos blogs e vamos lá!
Seria caso, concordará, para a apelidar de "mexida", mas antes isso que "paralítica", não acha?


"Qualquer cousa caiu
E tiniu no infinito." (*)

(*) Sim, é a Múmia. Mas não a de Tutankhamon.

Sem comentários:

Enviar um comentário