terça-feira, outubro 14, 2003

Obrigadinho, JN!


(...) Imagino o que não terão pensado de mim os que, a cada terça-feira, encontravam este espaço preventivamente vazio! Toda a gente sabe que já não estou preso pelos actos horrendos que me quiseram imputar! Cá estou eu outra vez, como amanhã no Parlamento, porque sou inocente - e não o volto a escrever aqui! - e não penso usar esta coluna como meio de defesa pessoal, antes falando da Casa Pia como se não tivesse nada a ver com ela! Porque tenho o direito de lutar por qualquer coisa em que acredite! Mesmo e sobretudo porque ainda me querem levar a julgamento, o que é ignóbil e impensável! Sobretudo porque o farão com base em calúnias - e não o volto a dizer! - E queria agradecer ao JN por não me dar como civicamente morto! Obrigadinho, JN!

Mas quem será o nabo do advogado deste moço?
Não lhe disse que devia estar calado?
Se calhar disse. Não disse foi para não escrever... Ora bolas.

PS:
A respeito do regresso de Paulo Pedroso à coluna de opinião do Jornal de Notícias. (JN, 14Out2003, p.15 - Obrigado, JN!)

Sem comentários:

Enviar um comentário