quinta-feira, abril 13, 2006

L'irréversible moi.


Allors qui suis-je...

Eis uma pergunta que não me faziam há muito...
Talvez porque no lugar onde agora estou as perguntas
Todas
São inúteis, tal a evidência que rodeia tudo
Todos
A Criança poderia responder por mim, talvez...
Talvez por saber melhor que eu as respostas
Todas
Mas nos seus olhos já só há lugar para os ódios
Todos
Ou para a falta que lhe fazem
Talvez enumerando as minhas fúrias
Todas
A resposta surgisse, clara, para os gostos
Todos
Mas não. Demasiado longo seria e,
no final, permaneceriam as dúvidas
Todas
Talvez fosse melhor não ser assim, ser como
Todos
Demasiado simples seria e, afinal,
existiriam sempre as perguntas
Todas.


Je suis l'irréversible moi.


...
Aragonaise

FJ