sábado, dezembro 27, 2003

Strategy makes the Person

(*) entrada traduzida no final.

(...)
For uncommon skills and service, for the choices each one of them has made and the ones still ahead, for the challenge of defending not only our freedoms but those barely stirring half a world away, the American soldier is TIME's Person of the Year.
(...)


Person of the year - The american soldier
Time Magazine (Europe), 29 December 2003

(...)
Finally, the United States will use this moment of opportunity to extend the benefits of freedom across the globe. We will actively work to bring the hope of democracy, development, free markets, and free trade to every corner of the world.
(...)


The National Security Strategy of the United States
New York Times, 20 September 2002

nota:
Este saiu expontâneo e, para já, fica assim.

(*) Tradução:

A Estratégia faz a Pessoa

(...)
Por aptidões e serviço invulgares, pelas escolhas que cada um teve de fazer e pelas que os aguardam ainda, pelo desafio de defender não só as nossas liberdades mas as que apenas se começam a desenhar a meio mundo de distância, o soldado Americano é a Pessoa do Ano na Time.
(...)


Pessoa do ano - O soldado americano
Revista Time (Europa), 29 Dezembro 2003

(...)
Finalmente, os Estados Unidos usarão este momento de oportunidade para espalhar os benefícios da liberdade pelo mundo fora. Trabalharemos activamente para levar a esperança da democracia, desenvolvimento, mercado livre e comércio livre a todos os cantos do mundo.
(...)


Estratégia de Segurança Nacional dos Estados Unidos
New York Times, 20 September 2002

quinta-feira, dezembro 25, 2003

The Ghost of Christmas Future


Ainda não apareceu...
Talvez daqui a uns momentos.

Entretanto, podem ver, ler e ouvir o sugerido pelo meu fantasma do Natal presente e pelo meu fantasma do Natal passado. Está nos dois posts abaixo.

Merry Christmas.

The Ghost of Christmas Present


Zatoichi de Takeshi Kitano
O inimigo sem rosto de Maria José Morgado e José Vegar
Up for it de Keith Jarret / Gary Peacock / Jack DeJohnette

Strange days...

The Ghost of Christmas Past


Blue Velvet de David Lynch
Cem Anos de Solidão de Gabriel García Márquez
A Distant Shore de Tracy Thorn

Then we thought we'd live forever...

Meia-noite...


Oh the weather outside is frightful
But the fire is so delightful
And since we've no place to go
Let it snow, let it snow, let it snow!

It doesn't show signs of stopping
And i brought some corn for popping
The lights are turned way down low
Let it snow, let it snow, let it snow!

When we finally kiss goodnight
How i'll hate to go out in the storm
But if you really hold me tight
All the way home i'll be warm.

The fire is slowly dying
And my dear, we're still goodbying
But as long as you love me so,
Let it snow, let it snow, let it snow!


Pronto.
Agora, os presentes! :)

quarta-feira, dezembro 24, 2003

Noël...


Nestes dias que antecederam o Natal, A Sombra parou um pouco. Ao trabalho, juntaram-se os preparativos para a véspera de Natal, as compras, os jantares da época, as visitas, todo o rodopio que é, também ele, sinónimo de alegria, por ser provocado pela família e pelos amigos.

Apesar disso, é com prazer que anuncio que o Panorama nº 1 está pronto, encontrando-se em fase de revisão. Desta feita, após a Palestina, o tema será o Douro. Deverá sair em Janeiro, junto com o Miradouro, semanário regional de que é suplemento, sendo publicado na íntegra no blogarquivo onde já se encontra o nº zero, antes mesmo da distribuição nas bancas. Este foi outro dos motivos que me afastaram d'A Sombra, por estes dias. :)

A todos os amigos d'A Sombra e a todos os que nela repousam ocasionalmente, renovados votos de uma Noite Feliz.

nota:
Como prometido, os próximos dias serão dedicados ao projecto de reconstrução de casas na Palestina. Para evitar novo período de "acalmia" n'A Sombra, farei um acompanhamento do trabalho neste local, de modo que poderão conhecer melhor esta iniciativa de israelitas e palestinianos que promove a Paz de forma sublime.