sábado, outubro 07, 2006

Remember, remember the 5th of October...

...
...
...
...
...
...
...
...
...
...
...
...
...........Lembrem-se da 5 de Outubro (sim, essa) a 8 de Outubro.
.............................click nas imagens para saber mais
...
..........As entradas d'A Sombra até às zero horas de 08/10 estão abaixo 6

Diane #0007





click

Diane,

É amanhã.
Sai à meia-noite de hoje.

click

7 Mais notas no gravador. Click!
...

www.11desetembro.net



... www.11desetembro.net


Graças ao excelente trabalho do Basílio, do Mote para Motim, a versão portuguesa do documentário Loose Change 2nd Edition, que me foi gentilmente cedida pela RTP e pela MercuryMedia, encontra-se disponível para visualização e download no Google Video, com a autorização dos autores, naturalmente, que tanto têm feito pela divulgação gratuíta do mesmo, quer em DVD quer através da Internet. Também no Mote para Motim esta versão pode ser vista.

Será o culminar de um processo que se iniciou nest'A Sombra ainda antes de 11 de Setembro deste ano (e no Mote para Motim também, assim conheci o Basílio!), mas que não irá parar por aqui. Por todo o mundo, vejam-se as versões em diversas línguas de LC2 no Google Video, as pessoas perguntam-se se o que lhes querem fazer crêr é verdade; fazem perguntas; exigem respostas. Hoje mesmo, em Tokyo, inicia-se uma conferência sobre este tema, onde Loose Change será projectado em versão japonesa.

Ao Basílio, companheiro incansável d'A Sombra na sua procura da Verdade como eu o acompanho no seu Mote para Motim, expresso os meus agradecimentos pelo crédito concedido a este blog na sua própria casa como no Google Video (vi agora mesmo). Mas nós, que damos voz a estas questões, nada mais fazemos que carregar a tocha. O crédito vai todo para os muitos norte-americanos que a mantêm acesa, numa altura em que começam a erguer-se os muros neofascistas nos EUA.
A eles o meu agradecimento.

Rui Semblano
08 de Outubro de 2006

sexta-feira, outubro 06, 2006

No Dubya.



O Presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, já
promulgou a lei que prevê a construção de um muro de mais
de 1100 quilómetros e a instalação de outras infra-estruturas
electrónicas de vigilância ao longo da fronteira com o México.
in Público, 07Out2006

A Sombra assume-se declaradamente ANTI-DUBYA.
Chamem-nos primários, agora.


nota: Não esquecer!
...

Conferência 9/11 Truth no Japão. Amanhã.



É já amanhã, em Tokyo. (click na imagem!)
Os desenvolvimentos serão seguidos nest'A Sombra.
E em Portugal? Estamos a pensar nisso, sim. ;)

Grato ao Basílio por mais este "mote".



nota: Não esquecer!
...

Lu...






quinta-feira, outubro 05, 2006

Animal (yester)Day




"Não estou a perceber... Então não foi ontem?
E antes de ontem? E todos os dias antes de ontem?"

"É Nina. Aqui em casa, todos os dias são Dia do Animal."

"Pois. Passa mas é lá o Gourmet."

"O de salmão?"

"Pode ser."





nota: Não esquecer!
...

V for Voice...













nota: Não esquecer!
...

Diane #0006




click

Diane,

Lembra-me da 5 de Outubro a 8 de Outubro.
Eu sei que agora é na Avenida Marechal Gomes da Costa, 37
1849-030 LISBOA. Mas lembra-me assim, na mesma.
Não tem nada a ver com a República. (não)
Tem tudo a ver. Esquece. Mas lembra-me.

click

7 Mais notas no gravador. Click!
...

Plagius Maximus

...


So it begins...




The Police - Shadows in the Rain

A verdade.
Mas o que é isso? O que lemos nos jornais?
O que surge no topo de cada lista de resultados do Google?
O que aqui se escreve?





A verdade está por todo o lado.
O uso de "V" como anúncio desta "campanha" pela verdade não acontece por acaso, embora pareça antecipada por um mês... Remember, remember the 5th of November... E também não foi por acaso que o actor escolhido para nesse filme desempenhar o papel de High Chancellor fosse John Hurt (o mesmo que representou um papel diametralmente oposto em "1984", filme de Michael Radford estreado em... 1984).

Os artistas usam a mentira para revelar a verdade.
Os políticos mentem para a esconder.


Fazer de um simples plágio de um blog como o
Caderno de Corda uma causa, uma demanda pela verdade, poderá parecer algo exagerado. Talvez. Mas o Caderno de Corda é A Sombra. É o Blasfémias e o 100nada. É o Outminder e o Espreitador. É o Abrupto e o Paredes Brancas. E o processo indigno de que se socorreu alguém na RTP ao usurpar o trabalho de Davi Reis não é insólito. Os que não sabem do que falo podem inteirar-se aqui.

Existe muita informação a circular no planeta, mas que nunca se diga ser demasiada. Aos que argumentam que a sua quantidade apenas serve para esconder a verdade, eu respondo que, mesmo escondida, prefiro que viaje pelo mundo à espera que a descubram, a que fique fechada num museu, num cofre ou num cofre de um museu, onde ninguém a descobrirá.
Dois mais dois nunca serão cinco.
A verdade é. É para além de tudo.
Vejam.
Com "V" maiúsculo.


Rui Semblano
5 de Outubro de 2006 (um mês antes...)

O texto que se segue é publicado em simultâneo pel'A Sombra e pelo Caderno de Corda, mas eu decidi fazer esta introdução sombria antes de o divulgar. Aos que decidirem juntar-se a nós no próximo domingo, quando será dado o primeiro passo, os meus agradecimentos.

--- start ---

Comunicado

Aquilo que escolhemos, enquanto bloggers, partilhar com o mundo, poderá sempre ser usado por terceiros, interessados nessas ideias. Mas é errada a não atribuição ao autor ou, pior, a tentativa dissimulada de fazer com que as ideias pareçam decorrer do pensamento de quem meramente as transcreve.

A citação e o plágio podem tornar-se difíceis de discriminar na blogosfera, mas a quantidade de meios ao dispor dos utilizadores desta maravilhosa "janela" permitem estar a par do que se passa nos recantos mais longínquos da teia... ou mais próximos.
Recentemente, o Caderno de Corda viveu a desagradável experiência de ter visto transcrito, ipsis verbis, na página da RTP na Internet, um texto seu. No entanto, nada junto dessa transcrição o fazia crer, ou seja, para todos os efeitos, o texto seria da autoria de algum funcionário da RTP...
O protesto que Davi Reis fez chegar ao Provedor do Telespectador, Paquete de Oliveira, ficou sem resposta. Pensamos que, enquanto bloggers, esta situação diz respeito a todos. Nesse sentido, propomos o envio ao Provedor de um e-mail com um texto padrão, a publicar oportunamente n'A Sombra e no Caderno de Corda, pedindo uma resposta sobre esta matéria, isto é, perguntando-lhe se não considera importante a sua mediação numa situação com esta gravidade, a ponto de não se dignar responder ao lesado.

Caso não obtenhamos resposta oportuna, deveremos tomar outras medidas, das quais falaremos então. Os leitores da blogosfera, mesmo não sendo bloggers, podem e devem juntar-se a esta campanha. Não suportaremos em silêncio este tipo de roubo de propriedade intelectual, especialmente se com fins lucrativos.

Ao publicarmos o texto, daremos conta do procedimento para que a acção seja concertada e tenha o impacto máximo. Não importa se 2, 6 ou 100 pessoas irão aderir a esta iniciativa. Importa sim mostrar a nossa indignação a uma estação que tem por finalidade servir o público e não roubá-lo.

--- stop ---

nota:
Esta iniciativa é tomada em conjunto com o Caderno de Corda. Ver AQUI.
...

quarta-feira, outubro 04, 2006

Há os que imaginam viver...

...
Há os que imaginam viver...
E os que vivem por ideias.
Há os que olham o chão...
E os que olham as estrelas.
Há os que aceitam...
E os que fazem.
Há os que crêem...
E os que vêem.
A verdade é mais que uma palavra.
É uma ideia.
É chegado o tempo.
Preparem-se.


...
Final da Abertura Solene "1812" op. 49, de Peter Tschaikowsky
extraído do registo integral da peça interpretada pela
Berliner Philharmoniker conduzida por Herbert von Karajan
...
nota:
Esta entrada antecipou o início da campanha pelo respeito pelos direitos autorais dos que escrevem na blogosfera,
inspirada pelo plágio descarado da RTP ao blog Caderno de Corda, de Davi Reis, sendo na altura dividida em doze
entradas, uma para cada frase acima, sempre acompanhadas da imagem de "V for Vendetta" e do final da "1812".
Não será a 5 de Novembro, mas a 5 de Outubro.
Pela verdade.
...
nota 2:
Os comentários deixados nas doze entradas activas durante o dia 4 de Outubro de 2006
são reproduzidos nesta; um clone da inicial "Há os que imaginam viver..."
...
nota 3:
...
Remember, remember the fifth of November
The gunpowder treason and plot.
I see no reason why gunpowder treason
Should ever be forgot.

Guy Fawkes, twas his intent
To blow up king and parliament.
Three score barrels were laid below
To prove old England's overthrow.
By God's mercy he was catched
With a dark lantern and lighted match.
Holler boys, holler boys, let the bells ring
Holler boys, holler boys, God save the King.
-
Yes... We will remember.
v.rs
...

terça-feira, outubro 03, 2006

Actual

A gerência informa os interessados que os Arquivos Manuais d'A Sombra (Ano II) acabam de ser actualizados, com excepção da semana em curso. Eu próprio, na qualidade de 99% dos utilizadores, agradeço, esperando que os restantes 1% retomem as suas buscas nesta base de dados sombria.

Oportunamente, seguem-se as actualizações dos links das Relações Sombrias. :)

Diane #0005




click

Diane,

Não deixar esquecer o Davi (não) o Hugo.
(não) O Davi Reis. Plagius Maximus.
E esquece aquilo das gajas e do autocarro.
São gajos.

click

7 Mais notas no gravador. Click!
...

Cautela com os gregos...




... que trazem presentes.

O Público On Line está mais acessível.
Logo agora? Hmmm...

(vejam no Público.pt no topo, à direita)
...

Kagemusha



E como poderia ser outro
o meu Kurosawa favorito?

Foi Palma de Ouro em Cannes (1980)
e apadrinhado por George Lucas
e Francis Ford Coppola nos EUA,
onde recebeu o nome de
"The Shadow Warrior".

Entre nós é conhecido por
"A Sombra do Guerreiro".



Optional Quiz:
esta música pertence a outra banda sonora; qual?

segunda-feira, outubro 02, 2006

Civilizados? Nós?



















Não vi esta notícia em outro lugar.
Foi uma amiga que, via e-mail, me deu conhecimento dela.
Foi no Destak de hoje; edição do Porto.
Ainda ontem, no Jumbo, pensava que a prova de que vivo num país civilizado é a quantidade de facas
"à mão de semear" que existem em hipermercados e lugares assim. E afinal...

nota:
Sobre "Os Negros", n'A Sombra.
...

Kino ESXVIII


And another one bites the dust.

De Bertolucci a Tim Burton,
de Kubrick a Ang Lee.
Não esquecendo Loose Change
(subversivamente, LC2, quando será
o LC3 a chegar ao cinema para o ano).

Mais uma Estante Subversiva.
A 18ª (ES XVIII) e fora de ordem, pois
estava na calha há muito. A contagem
vai em 23. (click na imagem para ampliar)
Em Gaia pode ser vista ao vivo no
Espaço de Arte Rui Alberto, no
Arrábida Shopping. Por enquanto...

O Worklog de João Pedro Aguiar está
em andamento, com todas as estantes
alinhadas. Avisarei quando estiver pronto
a ser visitado.

domingo, outubro 01, 2006

Diane #0004



click

Diane,

Onde raio vou enfiar a árvore de Natal este ano?
Entretanto, vê se sabes quem são estas gajas
e qual a matrícula do autocarro.



click

7 Mais notas no gravador. Click!
...

Diane #0003




click

Diane,

Há pessoas para as quais um chapéu nunca será uma
cobra com um elefante no papo.
E o contrário também é verdadeiro.
Se conseguires descobrir quais as piores, diz-me.

click

7 Mais notas no gravador. Click!
...

See the TRUTH . n8


7 News & Blog

Ao tomarmos consciência de como
as nossas acções afectam o mundo
em que vivemos, somos confrontados
com o nosso próprio papel na Terra
e com o impacto que nela causamos
individualmente.
No final do dia, como dizem nos EUA,
pouco importa se o aquecimento
global é uma verdade inconveniente
ou um embuste conveniente.
Importa mesmo é respeitar este
planeta único e a sua Natureza.
O futuro depende de cada um de nós.



Use um dos números para a entrada correspondente ... 1 / 2 / 3 / 4 / 5 / 6 / 7 / 8 ... série completa
...

See the TRUTH . n7


7 Take Action

Pelos vistos, aos que afirmam não
se passar nada de extraordinário
com o clima, para quem o ambiente
se encontra naqueles frasquinhos
que se ligam à corrente eléctrica,
a necessidade de combater todo o
tipo de poluição é... relativa.
Existem muitas pessoas para as quais
a não compreensão deste problema
está directamente relacionada com a
garantia de um salário.
Para alguns, manter o estilo de vida
importa mais que a própria vida.
Uma questão de estilo, portanto.


Use um dos números para a entrada correspondente ... 1 / 2 / 3 / 4 / 5 / 6 / 7 / 8 ... série completa
...

Peregrinação...




















Nada.
Nada onde tudo era.
Tu. Tu onde eu fui.
Um. Onde dois.
Lembro.
Tudo.
Tudo onde nada havia.
Eu. Eu onde tu foste.
Dois. Onde um.
Sonho.
Peregrino.

Foi.
Se...


FJ


...