sexta-feira, abril 07, 2006

Joyeux Anniversaire Petit Prince!...


Passaram 60 anos sobre a publicação em França de uma das obras-primas da literatura mundial:
O Principezinho, de Antoine de Saint-Exupéry. Nascido da pena do seu autor, num esboço realizado num café de Nova Iorque, foi por sugestão de um amigo que o personagem se transformou em livro. Editado nos EUA em 1943, só em 1946 seria publicado em França. Saint-Exupéry desaparecera 3 anos antes.

É uma obra que ofereci várias vezes (incluindo à minha esposa, ainda namorada), mas que nunca me ofereceram. Nunca tive, assim, o "meu" Principezinho. Nunca o comprarei. É um livro que se dá ou se recebe.
Apenas.


On ne voit bien qu'avec le coeur.
L'essentiel est invisible pour les yeux.

Bon anniversaire, mon Petit Prince...

3 comentários:

  1. Caro RS
    Continuando as incessantes coincidências e momentos serendipyticos(se e que existe a palavra), com mais um me deparo, não só comprei esta semana mais um volume de "The litlle prince "para oferecer como também, no meu desktop display screen que mudo no princípio de cada mês figura este mês precisamente a mais famosa imagem do "Pequeno prince ".
    Não sei o que deduzir de tanta confidencia , se vera!
    O meu último comentário não aparece nos posts anteriores, assumo que não foi entregue. Referia me não só a ao novo layout, que elogiava, mas também há questão de quem e o Fabien Jeune ? Um pseudónimo?
    Para alem disto gostei também de ver tão prontamente as pecas de arte, interessantes.
    As a smal token of my frienship I give you this;
    "And at night you will look up at the stars. Where I live everything is so small that I cannot show you where my star is to be found. It is better, like that. My star will just be one of the stars, for you, And so you will love to watch all the stars in the heavens... they will all be your friends..."
    chapter 26

    Malou

    ResponderEliminar
  2. Uma boa lembrança! Um livro com uma grande lição de vida.

    ResponderEliminar
  3. Malou:
    A serendipidade entre nós permanece, é um facto. Ainda bem que mais um Principezinho foi oferecido; fico feliz por isso.
    O comentário que refere não chegou, de facto; o último que tenho guardado é o que ficou na entrada "Page of Cups". Esta caixa do Blogger não é muito fiável...
    Grato pelos elogios; a peça que ficou em "Mood(y) Swing(s)" ganhou um prémio no 2º Prémio de Arte Erótica da ARGO, em Gondomar, e pertence a uma fase que está parada neste momento. Sobre a pintura, haverá novidades em breve, mas lá chegaremos.
    Last, but not least, o Fabien... Bom, acho que ele passará aqui os olhos e será a pessoa indicada para fornecer a resposta (por enigmas, se bem o conheço...).

    Até breve,
    RS

    Sá Morais:
    Devia existir um exemplar desta obra-prima em cada casa. :)

    Um abraço,
    RS

    ResponderEliminar